Perfil da Planta

Como infusão:

Ajuda a equilibrar o sistema nervoso, combate as insónias e ansiedade. Quando tomada depois das refeições, facilita a digestão e alivia cólicas. Ajuda ainda a combater constipações e febres.

Na culinária:

Usam-se folhas frescas picadas adicionadas a saladas, molhos, maionese e saladas de fruta.


Família: Lamiaceae

Nome Científico: Melissa officinalis

Nomes vulgares: anafes, chá de frança, cidreira, citronela-menor, melissa.


Curiosidades

Nativa da Europa meridional, floresce no final do verão, as flores são de pequenas dimensões, de cor esbranquiçada ou róseas e atraem especialmente as abelhas, como se indica já no nome do seu género botânico (Melissa provém do grego e significa “abelha”).

Era, assim, usada como campo para abelhas na Grécia antiga. Os romanos adotaram a planta na cozinha  sendo depois levada para todo o território do seu império. A partir da Idade Média, a erva-cidreira foi plantada em mosteiros. Os árabes também cultivaram a planta durante o seu domínio na Península Ibérica. A erva-cidreira tornou-se uma erva muito usada na Europa por causa da sua qualidade como tempero e também pelas suas propriedades terapêuticas.

Propriedades e indicações terapêuticas:
► calmante natural;
► dores de cabeça;
► ansiedade;
► insónias;
► problemas do foro digestivo.