Alecrim

Inspired by Lemon
Alecrim (rosmarinus officinalis)

A sua origem remonta às praias do mediterrâneo, sendo muito comum no sul da Europa. O nome rosmarinus vem do latim e significa ”o orvalho que vem do mar”, devido ao cheiro das suas flores.

Arbusto rústico e persistente, atinge até 2 metros de altura. Gosta de locais ensolarados, atrai abelhas e repele moscas. Floresce quase todo o ano e não necessita de cuidados especiais nos jardins.

O alecrim é utilizado com fins culinários, medicinais, religiosos e na perfumaria. Antigamente queimavam-se caules de alecrim para purificar o ar do quarto de doentes em hostipais.

Curiositades

Os gregos usavam coroas de alecrim em festas, como símbolo da imortalizade. Colocado debaixo da almofada, afasta maus sonhos. Se tocar com alecrim na pessoa amada, terá para sempre o seu amor. Ramos de alecrim frescos, colocados entre as roupas defendem-nas de ataque de traças.

Na culinária

Pode ser utilizado fresco ou seco, especialmente na preparação de aves, caça, carne de porco, de cabrito e borrego e batatas assadas. No entanto, por ter um sabor forte, convém ser usado com moderação e finamente picado.

Quando fizer um churrasco, espalhe um bom punhado de alecrim sobre as brasas, a carne ficará perfumada e uma agradável fragância espalha-se pelo ambiente.

Receita medicinal

Infusão de alecrim para as más digestões: 4 gr de alecrim; 1 chávena de água a ferver. Deite a água sobre o alecrim, deixe repousar 5 minutos. Coe e beba depois da refeição.

Receita culinária

Pão de alecrim

375 gr de farinha; 1 pacote de fermente de padeiro; 1,75 dl de leite morno; 1 colher de chá de sal; 1 colher de sopa de azeite; 2 colheres de sopa de alecrim fresco.

Misture todos os ingredientes e amasse bem. Forme uma bola, tape com um pano de deixe levedar at+e dobrar de volume. Coloque a massa numa forma de bolo inglês untada. Deixe levedar durante mais 30 minutos. Leve a cozer em forno médio (180.ºC), previamente aquecido, durante 1 hora.

Inspire-se!


Fonte: Ervas e Mezinhas, na cozinha e na saúde,

M. Margarida Pereira-Muller, Colares Editora.